Objetivo desse blog



O objetivo desse blog é compartilhar com vocês aquilo que tenho ganhado na comunhão com os santos e ao ler a palavra do Senhor!


"Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó SENHOR, Deus dos Exércitos." Jeremias 15.16


quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Quatro características do mordomo fiel - a Consagração

São Lourenço,  mensagem 2, domingo de manhã.

No livro de Daniel, vemos quatro características que evidenciam um mordomo, que realmente atende ao coração de Deus.
Neemias: 1. 1. Palavras de Neemias, filho de Hacalias. Ora, sucedeu no mês de quisleu, no ano vigésimo, estando eu em Susã, a capital, 2. que veio Hanâni, um de meus irmãos, com alguns de Judá; e perguntei-lhes pelos judeus que tinham escapado e que restaram do cativeiro, e acerca de Jerusalém. 3. Eles me responderam: Os restantes que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado o muro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo. 4. Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu, 5. e disse: Ó Senhor, Deus do céu, Deus grande e temível, que guardas o pacto e usas de misericórdia para com aqueles que te amam e guardam os teus mandamentos: - Bíblia JFA Offline
Neemias: 2. 1. Sucedeu, pois, no mês de nisã, no ano vigésimo do rei Artaxerxes, quando o vinho estava posto diante dele, que eu apanhei o vinho e o dei ao rei. Ora, eu nunca estivera triste na sua presença. 2. E o rei me disse: Por que está triste o teu rosto, visto que não estás doente? Não é isto senão tristeza de coração. Então temi sobremaneira. 3. e disse ao rei: Viva o rei para sempre! Como não há de estar triste o meu rosto, estando na cidade, o lugar dos sepulcros de meus pais, assolada, e tendo sido consumidas as suas portas pelo fogo? - Bíblia JFA Offline
Essas passagens estão relacionadas. Neemias, ao ouvir o relato de Hanâni, ficou profundamente angustiado, lançou-se por terra, chorou amargamente e vestiu-se de luto. Por que ele reagiu assim? Por ter visto algo além da grande miséria e desprezo. Além dos muros e portas queimadas. Ele viu o Senhor e pode contemplar a desolação e miséria com os olhos do Senhor. Ele tocou o coração de Deus e Deus tocou o seu. Era um lamento que vinha de Deus e não dele mesmo. Neemias era alguém que Deus encontrou para expressar o que havia em Seu coração. Neemias quer dizer o consolo de Jeová. No mês de nisan, aproximadamente março e abril, Neemias foi servir ao rei e este viu em seu rosto a aflição.  Esse é um mordomo: alguém  que vê pelos olhos do seu senhor. Neemias viu pelos olhos de Deus a situação de Jerusalém.
Gálatas diz que Paulo era alguém que sofria as dores de parto pelos filhos de Deus! Paulo sofreu para que os irmãos ganhassem experiências com Deus. Porém, Paulo viu que eles precisavam ir além.  A vida precisava se manifestar mais nesses filhinhos.  Paulo os viu como seus filhinhos e angustiou-se, assim como  Neemias. Paulo e Neemias viram o Senhor, tocaram o Seu coração.  Essa era uma angústia de Deus, de fato. Essa dor vinha do alto. Nisso está o significado de ser um mordomo: cuidar dos interesses, administrar o que é de Deus, se compadecer, através dos olhos Dele. Como isso é possível?  Somente estando ligados à Ele.
Neemias suspirava: Ah, senhor! Ele era com o Senhor  e o Senhor era com Ele.
Senhor, também queremos nos derramar diante de Ti! Ver com Seus olhos! Que o nosso testemunho seja para Ti.
Precisamos de ajuda para isso. Somos ainda distantes dos olhos de Deus, da visão de Deus.
Quais são as quatro características do mordomo fiel?
1-Consagração.  Sem ela, não há como crescer, avançar, apressar a volta de nosso amado. Deve ser a nossa primeira experiência, logo após nosso segundo nascimento.
2-Dedicação à palavra Dele. Essa é a maior necessidade dentre o povo de Deus. Ler a palvra e ouvir os conselhos recebidos de varões espirituais, que vivem em  santidade, sendo bênção na família, trazendo para nós a palvra sem mistura.
3-Vida de oração.  Esse deve ser o seu campo de batalha.
4-Não amar a própria vida. Sem a operação da cruz em nós, não há como sermos mordomos.
Essas quatro características precisam ser testemunhadas  em nós e em nossa vida.
Hoje falaremos da consagração.  No livro de Daniel,  vemos Jerusalém ser invadida três vezes por Nabucodonosor. Na primeira vez, vemos uma leva de escravos e nela, quatro amigos, dentre eles Daniel. Na segunda  invasão e leva, Ezequiel entre os cativos. Na terceira, Jerusalém é destruída e queimada.
No capítulo 1 vemos o rei pedir à Aspenaz, jovens para assistirem perante o rei. Esses tiveram seus nomes trocados,  em homenagem a deuses babilônicos, com o intuito de mudar a origem desses jovens, tornando-os cidadãos dali.  Mas Daniel e seus amigos não se curvaram, pois não se pertenciam.  O mundo babilônico e suas oportunidades foram oferecidas a eles.
Daniel: 1. 3. Então disse o rei a Aspenaz, chefe dos seus eunucos que trouxesse alguns dos filhos de Israel, dentre a linhagem real e dos nobres, 4. jovens em quem não houvesse defeito algum, de bela aparência, dotados de sabedoria, inteligência e instrução, e que tivessem capacidade para assistirem no palácio do rei; e que lhes ensinasse as letras e a língua dos caldeus. 5. E o rei lhes determinou a porção diária das iguarias do rei, e do vinho que ele bebia, e que assim fossem alimentados por três anos; para que no fim destes pudessem estar diante do rei. 6. Ora, entre eles se achavam, dos filhos de Judá, Daniel, Hananias, Misael e Azarias. 7. Mas o chefe dos eunucos lhes pôs outros nomes, a saber: a Daniel, o de Beltessazar; a Hananias, o de Sadraque; a Misael, o de Mesaque; e a Azarias, o de Abednego. 8. Daniel, porém, propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe concedesse não se contaminar. 9. Ora, Deus fez com que Daniel achasse graça e misericórdia diante do chefe dos eunucos. 10. E disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; pois veria ele os vossos rostos mais abatidos do que os dos outros jovens da vossa idade? Assim poríeis em perigo a minha cabeça para com o rei. 11. Então disse Daniel ao despenseiro a quem o chefe dos eunucos havia posto sobre Daniel, Hananias, Misael e Azarias: 12. Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber. 13. Então se examine na tua presença o nosso semblante e o dos jovens que comem das iguarias reais; e conforme vires procederás para com os teus servos. 14. Assim ele lhes atendeu o pedido, e os experimentou dez dias. 15. E, ao fim dos dez dias, apareceram os seus semblantes melhores, e eles estavam mais gordos do que todos os jovens que comiam das iguarias reais. 16. Pelo que o despenseiro lhes tirou as iguarias e o vinho que deviam beber, e lhes dava legumes. 17. Ora, quanto a estes quatro jovens, Deus lhes deu o conhecimento e a inteligência em todas as letras e em toda a sabedoria; e Daniel era entendido em todas as visões e todos os sonhos. 18. E ao fim dos dias, depois dos quais o rei tinha ordenado que fossem apresentados, o chefe dos eunucos os apresentou diante de Nabucodonozor. 19. Então o rei conversou com eles; e entre todos eles não foram achados outros tais como Daniel, Hananias, Misael e Azarias; por isso ficaram assistindo diante do rei. 20. E em toda matéria de sabedoria e discernimento, a respeito da qual lhes perguntou o rei, este os achou dez vezes mais doutos do que todos os magos e encantadores que havia em todo o seu reino. - Bíblia JFA Offline
Não se contaminar significa separação, consagração,  ser usado exclusivamente para Deus. Firmemente, Daniel resolveu não se contaminar. Santidade, separação,  consagração,  tudo isso caminha junto. Só assim impactamos a sociedade, a família e nossos amigos.  Eles poderiam ter visto as finas iguarias reais como oportunidades de ouro. Aquilo não era oportunidade de ouro, mas sim, um anzol de ouro, para os fisgar e os separar de Deus. Não há como servir ao Senhor e ao mundo. Agradamos a um, aborrecemos a outro.  No versículo 9 mostra que Deus lhe concedeu misericórdia e compreensão.  Dê um passo de fé, como Daniel!  Fp 2. diz que Ele nos dá, por seu divino poder, graça e misericórdia, quando nos consagramos a Ele.
A consagração de Daniel foi voluntária, pela graça de Deus derramada em seu coração.  Quando olhamos para nós, precisamos ver algo significativo e imediato após o novo nascimento,  no que diz respeito ao consagrar-se.
2 Coríntios: 5. 14. Pois o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram; 15. e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. - Bíblia JFA Offline
Aqui há um segredo. Você recebeu ao Senhor, se tornou uma nova criatura, regenerada, com Cristo em sua vida. Mas para quem você vive? Não vivamos mais para nós mesmos, mas para o Senhor, que morreu e viveu por nós. Não temos mais direitos sobre nós. O Senhor nos convida, não nos força, mesmo que Ele tenha nos regatado com sangue. Diante desse sacrifício,  a quem pertence nossas vidas? Isso deve nos constranger.
1 Coríntios: 6. 19. Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? 20. Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo. - Bíblia JFA Offline
Essa passagem mostra que fomos comprados por preço. Éramos escravos do pecado, de nós mesmos e do diabo, sem esperança alguma. Mas Deus nos providenciou um resgate. Ele se importou grandemente por mim e você.  Fez uma obra sublime e pagou um resgate alto. Ele sofreu marcas em seu corpo. Esse é nosso Senhor maravilhoso. Ele merece que nos derramemos perante Ele. Daniel e seus amigos se separaram do mundo e consagraram-se para Deus.
Precisamos ver como Ele vê, tocar em Seu coração e andar como Ele andou. Esse será o primeiro passo para sermos mordomos, a nossa consagração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário