Objetivo desse blog



O objetivo desse blog é compartilhar com vocês aquilo que tenho ganhado na comunhão com os santos e ao ler a palavra do Senhor!


"Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó SENHOR, Deus dos Exércitos." Jeremias 15.16


domingo, 21 de junho de 2015

O que significam os pães, o candelabro e o altar do incenso na nossa vida diária?

Hoje somos reconciliados com  Deus e podemos comer dos pães da presença no Santo Lugar. No velho testamento era algo apenas para os sacerdotes, hoje, todos nós podemos comer e também queimar o incenso sem cessar, diante do altar de Deus. Além disso, estarmos na luz da palavra de Deus, que é o candelabro.
Não posso ser como um homem comum, que acorda pensando em suas coisas, sem orar, sem buscar a Deus ou tomar do sangue do cordeiro, receber da luz da palavra ou comer do pão da presença. Eu tenho esse direito de acordar e não queimar o incenso da oração? Não somos qualquer um. Somos os que foram reconciliados com Deus em sua Palavra!
2Tm4:2 prega a palavra, insta a tempo e fora de tempo, admoesta, repreende, exorta, com toda longanimidade e ensino.
Leve vida para as pessoas. Carregue a carga uns dos outros. Como? Impondo coisas? Regras? Isso só coloca mais peso sobre as pessoas. Temos que ter a sensibilidade do espírito, para exortar no Senhor, ajudando a pessoa a tirar o peso e orar, interceder, levando-na a se reconciliar com Deus, ouvir a palavra. O problema pode continuar, mas a carga foi dividida. Isso é entender a necessidade do outro. Ana é um exemplo na Bíblia. foramEm 1 Samuel vemos que ela subiu para orar emdemorou-se na presença de Deus, derramando-se. Ela precisava de um filho e Deus de um sacerdote. Ela acertou o coração de Deus. Eli, que deveria entender o coração daquela mulher, achou que ela estava embriagada. Não percebeu a intenção de Ana de derramar a sua alma diante de Deus. Eli era um sacerdote sem percepção espiritual.
Qual o maior mandamento? Amar a Deus e ao próximo como a nós mesmo! Pois o desejo de Deus é salvar todos os homens. Vamos orar! Pedir essa sensibilidade espiritual para Deus! Nos apresentar diante Dele, confessar nossos próprios pecados, nos arrepender e nos dispor na presença Dele, para sermos usados enquanto servos, sacerdotes. Como sacerdotes, devemos estar preparados para saber de onde vem a fonte do nosso entendimento e nossos atos. Vem de Deus?
Lucas  21:34 Olhai por vós mesmos; não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e aquele dia vos sobrevenha de improviso como um laço.  21:35 Porque há de vir sobre todos os que habitam na face da terra.  21:36 Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem.
Ao estar com uma pessoa com dificuldade, ore simplismente. O que ela nos conta não é fonte de conversa ou fofoca. Não descubra a nudez dos irmãos como fizeram os filhos de Noé, quando o pai se embriagou. Ore e auxilie realmente. Ouviu algo, não emita julgamento sobre o outro, nem passe para frente. Simplesmente ore.
Use seu tempo para vigiar em oração e na palavra.
Efésios  6:18 com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos.
Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário