Objetivo desse blog



O objetivo desse blog é compartilhar com vocês aquilo que tenho ganhado na comunhão com os santos e ao ler a palavra do Senhor!


"Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó SENHOR, Deus dos Exércitos." Jeremias 15.16


sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Coar o mosquito e engolir o camelo! Mt 23:23-24

Na leitura bíblia de hoje, esses versículos chamaram a minha atenção e ganharam meu coração:

Mateus 23:23-24
23 Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas!
24 Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo!

 Os fariseus passavam boa parte do tempo procurando uma forma de confundir Jesus em alguma palavra. E com sabedoria divina, o Senhor os deixava mudos a cada conversa. Num determinado momento, o Senhor falou mais claramente sobre a situação em que eles viviam. Porém, essa palavra é para nós hoje. Muitas vezes, negligenciamos a justiça, a fé, a misericórdia e o amor para com os que estão ao nosso redor. Vivemos como se não crêssemos no Senhor e em suas promessas, buscamos justiça própria e criamos formas de servir ao Senhor que não atingem o coração, nem a vontade de Deus. Veja os fariseus: davam dízimos das hortelã, mas não eram justos, misericordiosos... Se criamos regras, nos preocupamos com coisas exteriores, somos religiosos, estamos como que coando mosquitos e aos mesmo tempo engolindo o camelo, considerado um animal imundo naquela época. Nos preocupamos com questões exteriores e engolimos o pecado da incredulidade, da injustiça e da prática da misericórdia somente conosco.
Por isso, precisamos da palavra do Senhor e do exercício do espírito em nós, a fim de que Cristo seja formado em nosso interior e nos faça andar na misericórdia, na justiça e na fé! 
O Senhor nos abençoe! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário